Escola Salesiana São José de Campinas participa da “Semana Missionária e a Juventude"

A Escola Salesiana São José de Campinas participa da “42ª Semana Missionária e a Juventude”, que acontece de 13 a 21 de julho, na cidade de Tuiuti, em São Paulo

Fonte: Conceptu

Objetivando oferecer aos adolescentes a prática do voluntariado a partir de experiências com a comunidade, a Escola Salesiana São José de Campinas participa da “42ª Semana Missionária e a Juventude”, que acontece de 13 a 21 de julho, na cidade de Tuiuti, em São Paulo. O projeto da Pastoral Juvenil Salesiana, da Inspetoria Salesiana de São Paulo, quer proporcionar aos adolescentes a construção, a partir das relações de igualdade e fraternidade, de espaços para o dinamismo juvenil.

Segundo a equipe da pastoral, responsável pela iniciativa, a Escola Salesiana São José estará presente no evento com alunos do Ensino Médio e do Centro Profissional Dom Bosco, somando uma equipe com 58 pessoas, que participarão de uma vasta programação quecontempla atividades, como: benção nas casas, gincana, oficinas de artesanato e celebrações religiosas.

“Os jovens na Semana Missionária praticam a experiência de viver e trabalhar juntos, respeitando os dons de cada um. Aprendem a dividir e a serem generosos, conhecendo a realidade das famílias carentes e percebem que ele, jovem, precisa mudar”, observa padre Antonio Ramos (Toninho), diretor da pastoral.

“Também aprendem a colocar os dons a serviço dos outros, além de descobrirem a capacidade de valorizar mais a vida, encontrando sentido para ela. Percebem que o mundo que conhecem ou vivem não lhes apresenta de fato a realidade em que muitas famílias pobres se encontram. Aprendem ainda, a rezar e preparar orações para ajudar os outros a rezarem. Aprendem a ir ao encontro com o seu interior, construindo laços profundos com o grupo de missionários e com outros jovens”, ressalta o diretor.

Para padre Toninho, a experiência de abençoar uma casa, ouvir os doentes e idosos e a experiência de preparar as atividades recreativas para as crianças e adolescentes são uma profunda vivência educativa. “Todo processo preparatório da Semana Missionária é educativo e evangeliza, pois os jovens, ao longo do processo, percebem que há seriedade na proposta. É necessário ser sério e exigente, porque os jovens do mundo contemporâneo buscam essa radicalidade nas propostas oferecidas”, comenta o padre.

“Esperamos dos jovens que tiverem essa experiência, que fortaleçam seu projeto de vida. Que sejam portadores da experiência para os colegas da escola e para a família. Que façam a diferença na sociedade e que se engajem pastoralmente nos projetos que a escola propõe”, finaliza padre Toninho.

Além da Semana Missionária, a Escola Salesiana São José atua com os projetos sociais: Super Campanha da Solidariedade (em outubro), Campanha Páscoa Solidária (em abril), Campanha do Agasalho (em maio) e o “Férias Alegres” (em junho).

A Semana Missionária

A Semana Missionária surgiu na Inspetoria Salesiana de São Paulo, em 1994, quando os salesianos, padre Edson e o então estudante de Teologia, hoje, padre Toninho, foram com 12 jovens para uma Semana Missionária no lugarejo chamado São Miguel, Morro do Macaco, Vale do Paraíba, Diocese de Lorena. Desde então o evento não parou de crescer.


O diretor da pastoral, padre Antonio Ramos, explica que eram 12 jovens para lembrar os 12 apóstolos de Jesus, conforme a Sagrada Escritura e que após alguns anos, a Escola Salesiana São José, de Campinas, começou a participar também do projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário