Apresentação da Orquestra Sinfônica de Campinas no Teatro Castro Mendes

Atração ocorre neste final de semana, dias 20 e 21 de outubro

A Orquestra Sinfônica de Campinas apresentará um programa muito especial. Sob a regência do seu diretor artístico e regente titular Victor Hugo Toro, a Orquestra recebe o trompetista espanhol Ruben Simeó Gijón, que apresentará, em estreia brasileira, o concerto para trompete e orquestra N° 2 de Arturo Sandoval e uma série de virtuosos e brilhantes arranjos para seu instrumento, tais como o segundo movimento do famoso “Concierto de Aranjuez” de Joaquin Rodrigo, “My Way” (François/Revaux), Carnaval de Venecia (Arban) e “La Virgen de la Macarena” (Kofe). Do maior compositor brasileiro, Heitor Villa-Lobos, a Orquestra apresenta também o poema sinfônico ”Uirapurú” e a famosa “Bachianas brasileiras n° 4”. No sábado, a apresentação acontece às 20h e, no domingo, às 11h.

"Uirapuru" é das primeiras obras-primas de Villa-Lobos. A partitura retrata o ambiente da selva brasileira e seus habitantes naturais, os índios, com uma impressionante riqueza de detalhes. O argumento que serviu de base para a composição desse poema sinfônico é de autoria do próprio autor e conta a história de um pássaro (o uirapuru, que na mitologia indígena é considerado o 'deus do amor') que se transforma em um belo índio, disputado pelas índias que o encontram. Um índio ciumento, não suportando aquela adoração, flecha-o mortalmente. Ao retornar à sua condição de pássaro torna-se invisível e dele se ouve apenas o canto que desaparece no silêncio da floresta.

Bachianas brasileiras é uma série de nove composições de Heitor Villa-Lobos. Nesse conjunto, escrito para formações diversas, Villa-Lobos fundiu material folclórico brasileiro (em especial a música caipira) às formas pré-clássicas no estilo de Bach, procurando construir uma versão brasileira dos Concertos de Brandemburgo de Bach. As Bachianas brasileiras n° 4 foi composta para piano a partir de 1930, mas estreada somente em 1939, tendo sido orquestrada em 1942.

Arturo Sandoval é uma autêntica lenda da música latina e uma referência mundial no Jazz. Trompetista e pianista, começou a estudar o trompete aos 12 anos de idade. Foi cofundador do grupo “Irakere” e a partir de 1981 iniciou a sua carreira solo. Foi um protegido do lendário mestre do jazz Dizzy Gillespie e ganhou 10 prêmios Grammy, seis prêmios Billboard e um prêmio Emmy. Seu concerto para trompete N° 2 foi estreado na República Checa em 2016 e desde então forma parte do repertório habitual dos grandes trompetistas do mundo.

Ruben Simeó Gijón

Rubén Simeó Nasceu em Vigo (Espanha) e desde criança demostra faculdades excepcionais no trompete. Desde os 8 anos ganha grandes prêmios em concursos internacionais como Yamaha Madrid, Cidade de Benidorm (presidido por Maurice André), Porcia Italia, Maurice André Francia, Selmer Paris, P. Jones, Gebwiller, Francia, Theo Charlier Bélgica, etc. Ele se apresenta regularmente com grandes Orquestras como Radio Televisión Española, Orquesta de Valencia, Filarmónica de Galicia, Sinfónica Illas Baleares, Orquesta de Múnich, Stuttgart (Alemania) Paris, Filarmónica Nantes, Niza(Francia), Metropolitana de Lisboa, Viana do Castelo (Portugal) Sinfónica de San Cristóbal (Venezuela), Roma, Filarmónica de Cannes (Francia), Sinfónica de Porcia, Emile Romagne (Italia ) Beijing (China) Heredia, San José (Costa Rica), Caracas (Venezuela), Sinfónica de Kanazawa (Japón), etc. Em 2005, recebeu o “Prêmio Europeio da Cultura” como reconhecimento à sua brilhante carreira. Atualmente é concertista em trompete, atividade que alterna com a de professor no conservatório de Plasencia e masterclasses em vários países.




Programa

Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
Uirapurú - 18’

Arturo Sandoval (1949)
Concerto n.º 2 para Trompete e Orquestra - 16’
Allegretto con moto
Andante sostenuto
Allegro maestoso

Intervalo

Joaquín Rodrigo (1901-1999), arr. Duccio Bertini
Concerto de Aranjuez - 5’
Adagio

Claude François (1939-1978), Jacques Revaux (1940), arr. Duccio Bertini
My Way - 6’

Jean-Baptiste Arban (1825-1889), arr. J. V. Simeó
Carnaval de Veneza - 9’

Charles Koff (1909-1977), arr. J. V. Simeó
La Virgen de la Macarena - 4’

Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
Bachianas Brasileira n.º 4 - 25’
Prelúdio (Introdução)
Coral (Canto do Sertão)
Ária (Cantiga)
Danza (Miudinho)


SERVIÇO

Orquestra Sinfônica de Campinas
Horário: 20/10, sábado, às 20h; 21/10, domingo, às 11h.
Local: Teatro Castro Mendes (Praça Corrêa de Lemos,s/nº, Vila Industrial. Campinas). Telefone (19) 3272-9359.
Ingressos: sábado - R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (estudantes, aposentados), R$ 10,00 (professores das escolas públicas e privadas de Campinas e das cidades da Região Metropolitana, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências), R$ 5,00 (estudantes das redes municipal e estadual).

Valor promocional aos domingos: R$ 6,00 (inteira), R$ 3,00 (meia entrada); R$ 2,00 (professores das escolas públicas e privadas de Campinas e das cidades da Região Metropolitana, pessoas com mobilidade reduzida e portadores de deficiências); R$ 1,00 (estudantes das redes municipal e estadual).

Sesc Campinas e Unicamp realizam Fórum Internacional de Ginástica para Todos

Com participação de grupos da República Tcheca, Grécia, México, Dinamarca e Brasil,
evento conta com festivais ginásticos, conferências e cursos entre quinta (18) e domingo (21)


Foto: Divulgação - Sesc Campinas
Fonte /Foto:
Assessoria do Sesc Campinas

Em outubro, Campinas se vestirá de movimentos. Afinal, entre quinta (18) e domingo (21), a cidade receberá, por intermédio do Sesc Campinas e da Unicamp, a nona edição do Fórum Internacional de Ginástica para Todos. Com a participação de companhias da República Tcheca, Grécia, México e Dinamarca, além de grupos de vários estados do Brasil, o evento proporcionará ao público em geral atividades artísticas e esportivas gratuitas, bem como palestras, workshops e oficinas aos congressistas.
         Sob a temática “Ginástica em rede, possibilidade para todos”, o evento será dividido em três eixos: científico (apresentação de trabalhos, mesas redondas e conferências), formativo (cursos e minicursos) e artístico (festivais ginásticos). Enquanto que os dois primeiros acontecerão na Unicamp, exclusivamente direcionado aos conferencistas, o terceiro estará em cartaz do Sesc Campinas, com entrada gratuita. Confira a programação completa no site www.forumgpt.com.
Em 2018, o Fórum Internacional de Ginástica para Todos contará com a participação de grupos e companhias da República Tcheca (Brekekeke), da Grécia (Olympiada Thrakomakedonon), do México (Grupo Neza) e da Dinamarca (Stevns Elite). Somam-se a eles os palestrantes internacionais Robyn Jones (Cardiff Metropolitan University/País de Gales), Maria Cristina Suarez (Ministério da Educação e Fundadora do Grupo "Dickens"/Argentina), Margaret Sikkens (Presidente da Comitê de GPT da FIG/Suécia) e Teresa Lacerda (Universidade do Porto).
Apesar dos diferentes sotaques e idiomas, o assunto desse encontro é único: a disseminação da Ginástica para Todos (GPT). “Denominamos a GPT como uma prática ou manifestação da cultura corporal, segundo alguns referenciais teóricos, justamente porque a entendemos como um fenômeno distinto e para além de uma modalidade. A escolha pela GPT é uma escolha por uma proposta de ginástica que seja inclusiva, flexível, realizadora, criativa, libertária, e, principalmente, emancipatória e democrática, valores tão caros e cada vez mais raros em muitas práticas, e também na sociedade”, destaca Eliana de Toledo, docente da Pós-Graduação da Faculdade de Educação Física (FEF), da Unicamp, e integrante da comissão de organização do fórum.
Nesse contexto, como destaca a docente, Campinas não foi escolhida pela nova vez em vão. “A cidade é um polo de referência na ginástica, conforme vários estudos já publicados na área da História do Esporte. Nesse cenário, a realização desse importante evento em nível nacional e internacional tem consonância com a história da cidade, seja no campo da atividade física e do desporto (clubes, associações, e no próprio Sesc, que é correalizador do evento), seja no campo científico, com destaque para Unicamp, além de outras 20 faculdades da Região Metropolitana de Campinas que promovem a GPT. Assim, a cidade se fortalece, se legitima e se emancipa com esse evento, assim como o evento com a história da cidade”, completa.
Festival gratuito
O Sesc Campinas servirá de palco para as atividades artísticas e formativas do Fórum, batizadas de Festival de Ginástica para Todos. Recheado com 140 coreografias, esse eixo está organizado em quatro frentes: Semear (apresentações de grupos que possuem um histórico de prática da ginástica que dialogue com conceitos da GPT), Experimentar (apresentações de composições coreográficas desenvolvidas no contexto escolar e universitário), Compartilhar (apresentações de composições coreográficas desenvolvidas em clubes, academias, associações e instituições que evidenciam a diversidade presente na GPT e trazem a pluralidade de formas de expressão) e Possibilitar (apresentações que explicitam a possibilidade inclusiva da GPT em qualquer contexto social e para qualquer faixa etária, nível de performance, gênero, etc).
“O trabalho final de toda e qualquer pesquisa dessa modalidade de ginástica está impresso nas apresentações artísticas e coreográficas. Afinal, há uma grande pesquisa de movimentos, músicas e figurinos, o que reforça a riqueza da Ginástica para Todos. Por ser tão abrangente, essa modalidade se apropria de diferentes tipos da linguagem corporal, entre os quais o circo, a dança e as manifestações folclóricas, utilizando-se dos diversos movimentos da ginástica como elemento principal. Trata-se da democratização da ginástica, uma vez que os formatos dialogam entre si, apropriando-se de diferentes códigos de movimentos”, explica Rejana Nogueira, Técnica do Setor Esportivo do Sesc Campinas e integrante da comissão de organização do fórum.
Serviço:
Os ingressos para os festivais ginásticos são gratuitos e podem ser retirados na Central de Atendimento do Galpão a partir de 2 horas antes do início da atividade.
Em caso de necessidade operacional ou razão de força maior, horários, datas, locais, entre outros, poderão ser alterados ou cancelados.

Rocktoberfest: O melhor festival de cerveja no melhor pub de Rock´n Roll

Uma tarde de chope, comida típica e muito Rock´n Roll com direito a concurso de chope de metro

Foto Divulgação: Rocktoberfest
Fonte / Foto:
Assessora Caroline Nunes

Em outubro ocorrem diversos festivais de cervejas ao redor do mundo e o Grainne´s não poderia ficar fora desta. O pub vai receber seus clientes numa tarde de chope, comida típica e muito Rock´n Roll com direito a concurso de chope de metro no sábado, dia 20 a partir das 13h.

O convite dá direito a um litro de chope Paulaner edição “Oktoberfest Bier” servido na caneca tradicional Maßkrug. Na ocasião haverá venda de canecas e refil de Paulaner a preços especiais.

Gastronomia :

As comidas típicas alemãs como: salsicha com mostrada; o hot dog vem com a salsicha Frankfurt, cheddar cremoso e crispe de bacon; Eisbein aperitivo com salada de batata; chucrute e mix de croquetes complementam as porções que serão servidas.

Música

Para animar à tarde de festa a banda Mosh se apresenta no placo e a estilosa banda ChoroJass toca circulando em meio ao público.

Concurso

O participante que beber um metro de chope (600 ml) no menor tempo, sem babar ou tirar a tulipa da boca vence o concurso! O vencedor ganha um barril de cinco litros de chope e uma caneca do evento.

Serviço:

Dia 20 de outubro das 13h às 19h

Grainne´s Irish Pub

Padre Almeida, 170 - Cambuí

Colégio Liceu renova parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas para o projeto “Treinamento em Ginástica Artística Feminina”.

Atletas participam do Campeonato Paulista Pré-infantil, da Federação Paulista de Ginástica, em São Bernardo do Campo, principal evento no estado da categoria.

Fonte / Foto:
Assessoria Conceptu
Foto Divulgação : Assessoria Conceptu
Dia 27 de outubro, acontece o Campeonato Paulista Pré-infantil

A prática esportiva como instrumento educacional visa o desenvolvimento integral das crianças, jovens e adolescentes, capacita o aluno a lidar com suas necessidades, desejos e expectativas, bem como, com as necessidades, expectativas e desejos dos outros, desenvolvendo competências técnicas, sociais e comunicativas. O esporte, como instrumento pedagógico, precisa se integrar às finalidades gerais da educação, de desenvolvimento das individualidades, de formação para a cidadania e de orientação para a prática social.

Valorizando este importante instrumento, o Colégio Liceu Salesiano Nossa Senhora Auxiliadora, de Campinas, com mais de 120 anos de fundação, está renovando neste mês de outubro sua parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas no projeto “Treinamento em Ginástica Artística Feminina”. Segundo a professora do Liceu, Giovana Airoldi, a parceria já existe há 12 anos e contempla a utilização do ginásio e equipamentos da escola para o treinamento das atletas que representam Campinas na modalidade de Ginástica Artística Feminina. “Sem esta parceria, os resultados positivos alcançados nos últimos anos não seriam possíveis”, ressalta Giovana.

Nesta renovação com a prefeitura, o colégio dará continuidade às atividades das categorias pré-infantil e infantil. A parceria possibilita um treinamento no melhor ambiente para a prática da modalidade na cidade de Campinas. “No ano de 2018, a presidente da Federação Paulista de Ginástica, que é mãe do medalhista olímpico Artur Zanetti, visitou a sala de ginástica do colégio e ficou encantada”, observa Giovana.

O espaço é adequado não só para a iniciação e os treinamentos da modalidade, como também para realizar intercâmbios de aperfeiçoamento técnico e para eventos competitivos, como a Copa Campinas de Ginástica Artística que ocorre duas vezes ao ano e chega a receber 500 crianças de Campinas e região, em cada etapa.

As 38 atletas que fazem parte do projeto atualmente são meninas com idade entre 6 e 13 anos. O projeto possui alunas tanto do Liceu como de outras entidades educativas. “Para fazer parte do projeto é preciso realizar um teste de habilidades específicas para o treinamento na modalidade”, explica a professora do Liceu.

No próximo dia 27 de outubro, acontece o Campeonato Paulista Pré-infantil, em São Bernardo do Campo, organizado pela Federação Paulista de Ginástica, sendo o principal evento no estado para atletas da categoria pré-infantil, que engloba meninas de 9 e 10 anos. Sete atletas representarão Campinas neste evento e todas fazem parte do projeto apoiado pelo Liceu, sendo que deste grupo, duas atletas são alunas do colégio: Luara Cardoso e Maria Eduarda Rosário.


Viracopos prepara operação especial para o feriado prolongado

Ao menos 115 mil pessoas devem embarcar ou desembarcar pelo aeroporto no período
 Fonte: Imprensa Viracopos
Com objetivo de oferecer maior comodidade para o passageiro, o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), inicia hoje à tarde (10/10) uma operação especial para atender aos passageiros durante o feriado prolongado do Dia de Nossa Senhora Aparecida (padroeira do Brasil) e Dia das Crianças, que será comemorado na sexta-feira (12/10).
A expectativa é que pelo menos 115 mil pessoas embarquem ou desembarquem pelo terminal de passageiros do aeroporto entre hoje (10/10) e segunda-feira (15/10). No mesmo período, estão previstos aproximadamente 2.100 pousos e decolagens no aeroporto.
O dia de maior movimento de passageiros deve ser registrado amanhã (11/10) com a expectativa de pelo menos 24 mil passageiros embarcando ou desembarcando por Viracopos. O pico de movimento nesta quinta-feira deve ser registrado entre 17h e 23h.
Além desta quinta-feira (11/10), os outros dias de maior alta de passageiros no terminal serão no domingo (14/10), com previsão de 23,5 mil passageiros, e na segunda-feira (15/10), com 23,2 mil pessoas embarcando ou desembarcando pelo terminal.
Operação
A operação especial do feriado conta com incremento no número de colaboradores, como atendimento aos passageiros (Posso Ajudar?), segurança, manutenção, limpeza e plantão gerencial. As lojas, cafés, lanchonetes e restaurantes espalhados pelo aeroporto também se preparam para o aumento da demanda previsto para os dias de pico de passageiros.
Entre os destinos mais procurados estão as capitais do Nordeste, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Vitória, cidades do interior de São Paulo, Orlando (EUA), Fort Lauderdale (EUA), Lisboa (POR) e Paris (FRA).
Os horários de maior pico de movimento amanhã (11/10) devem ficar entre 17h e 23h. Já nos voos da volta do feriado, os horários de maior movimento de passageiros devem ser no domingo (14/10), entre 19h e 23h, e na segunda-feira (15/10), entre 6h e 9h. 

Escola Salesiana São José realiza a “Super Campanha da Solidariedade 2018”



Outubro Rosa no Liceu Salesiano