Mackenzie aprova criação de cursos de Engenharia no campus Campinas


Fonte /Foto: Central de Comunicação


Conselho Universitário da instituição publicou, este mês, resoluções referentes aos novos cursos de Engenharia Civil e Engenharia de Produção

Fachada do novo prédio no Mackenzie Campinas

A Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) deu mais um passo rumo à instalação de mais dois cursos no campus Campinas. No último dia 13 de junho, o Conselho Universitário da instituição, presidido pelo Magnífico Reitor, doutor Benedito Guimarães Aguiar Neto, publicou as resoluções de número 07 e 08/2012, aprovando a criação dos cursos de graduação em Engenharia Civil e Engenharia de Produção na unidade localizada no interior paulista.


As aprovações se estendem aos Projetos Pedagógicos, Regulamentos de Atividades Complementares, Monitorias, Estágios Profissionalizantes e Trabalhos de Graduação Interdisciplinares relativos aos cursos. Se os trâmites necessários junto à UPM e ao Ministério da Educação transcorrerem dentro do previsto, o campus Campinas passará a oferecer as Engenharias a partir do Vestibular para o 1º semestre de 2013, com inscrições abertas provavelmente a partir de setembro deste ano.


A criação dos cursos foi antecipada em primeira mão pelo próprio Reitor do Mackenzie, no final de março. Durante entrevista coletiva com jornalistas de Campinas e região, por ocasião do lançamento dos cursos de educação executiva (MBAs e EDPs) em parceria com a HSM Educação, o doutor Benedito Guimarães já anunciava a elaboração dos projetos pedagógicos para as Engenharias Civil e de Produção.
Atualmente com dois cursos de graduação (Administração e Direito) e mais de 10 pós-graduações Lato Sensu, além das novas modalidades de MBA (Master in Business Administration) e EDP (Executive Development Program), o Mackenzie Campinas conta com um edifício de estrutura moderna, planejado conforme padrões de construções ambientalmente responsáveis. Para o professor Gilson Alberto Novaes, gerente geral da unidade, as novas instalações atendem à demanda da região por cursos de graduação e pós. “Toda a região metropolitana de Campinas tem um potencial enorme para investimento em educação, especialmente quando se trata de instituições educacionais de grande qualidade e com nome já consolidado no mercado”, destaca.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário